sexta-feira, 24 de junho de 2011

Quando ela dança!





Este lindo poema muito fala sobre mim e creio que muitas bailarinas se vêem nele também.


Quando ela dança
Se livra da máscara mundana
Deixa prá trás seus sapatos, seus compromissos e suas preocupações
Desliza para dentro do veludo da exaltação
E deixa sua pele envolvê-la gentilmente,
Como uma luva sob sua alma.
Quando ela dança,
Fecha o exterior,
Abre o interior,
Remove tudo aquilo que é estático
E a dança simplesmente vem.
Quando ela dança,
Ela viaja,
Volta para os penhascos de Malta ou Creta,
Para os anéis das pedras druidas,
Ou para a caravana que encontra uma caldeira,
Onde o círculo das irmãs que dançam
E o braço dos largos quadris da Terra
Embalam-na carinhosamente de volta pra casa.
Quando ela dança,
Alimenta-se dos valores guardados por séculos
Nas tumbas lacradas de sacerdotisas e rainhas.
Pois a ira e a majestade sensual e vibrante dessas mulheres deve vir à tona dentro dela.
Ela não sabe.
Só sabe que sente assim quando dança.
Quando ela dança, às vezes o passado se une ao futuro,
E tudo que importa é o momento presente
Cada passo torna-se uma rede, na qual captura sua vida,
E a ilumina para que os outros a possam ver,
Depois a deixa ir, como um sonho.
É verdade que geralmente quando ela dança,
Ela mostra cada parte de sua história
Mas outras vezes quando ela dança,
Sua história desaparece.
Ela é qualquer pessoa que queira ser quando dança.
Quando ela dança,
E os dias passam sem celebração,
Forma-se uma crosta,
Cresce uma aresta
E ela fica impaciente com os outros e consigo mesma.
Mas quando ela dança novamente, volta para o templo.
A pressão volta ao normal e ela sorrí.
Se olhar bem de perto é difícil dizer
Se ela é jovem, velha ou de meia idade.
Ela não tem uma idade específica,
Mas é eterna e donzela,
No corpo de uma mãe,
Com a alma de uma mulher sábia.
E ela permitirá que você a veja por dentroQuando
ela dança.

Karen Andes.

domingo, 1 de maio de 2011

Voltei a dançar!

Que alegria em compartilhar isso com todos vocês, ontem depois de 4 meses (pra mim foi muito tempo) voltei a dançar. Melhor voltei a viver!!!!


Nossa que alegria esta saboreando os passos da dança do ventre de novo. Foi até engraçado, fiquei com minha "barriguinha" doendo, perna meio bamba...isso é  normal,  mas saiu alguma coisa, sueii muitoooo,  foi um prazer inexplicável. Foi um  momento único. Na verdade é um prazer que só a dança me proporciona, é mágico!


 O dia que tenho aula não marco nenhum compromisso, não abro mão da minha aula de jeito algum.


Dessa vez eu não paro mais! 


Tivemos que elaborar uma coreografia rápida (percussão), e nós nos divertimos muito, a professora repetia o refrão pra gente sentir a música, teve uma hora que ela deixou a música rolar até o fim e nós não paramos um minuto de dançar, ela ficou tão feliz em ver nossa disposição. Quanto a coreografia saiu sim, e ficou bem legal...


Bom é isso gente, poucas palavras para explicar minha felicidade.


Beijos e bom domingo à todos!!

sábado, 23 de abril de 2011

Rabiscos

Adoro desenhar, é uma forma de expressar, passar tempo, relaxar e etc... Ah quem nunca se pegou rabiscando em um pedaço de papel sem ao menos saber o que queria desenhar? Eu mesmo faço isso direto, não aguento ver uma folha em branco, logo vou rabiscando a mesma. Segue alguns dos rabiscos que comecei sem ao menos saber o iria virar.





"Desenhar é a integridade da arte. Não há possibilidade de trapacear. Ou é bom ou é ruim." 


Salvador Dalli.

terça-feira, 8 de março de 2011

Vamos começar a dançar.

Ahh a dança, o que dizer dela? 
Algo que com um simples movimento expressa nossos sentimentos.
Um simples giro e você consegue seu equilibro.
Uma tremidinha no quadril e todo um público é seu!
Os cabelos ao vento com movimentos esplendorosos, cheios de vida.
Neste momento a mente e o corpo se unem e viram um só!!
Ou você esta dançando ou você esta dançando, não tem meio termo.
Pra dançar você precisa se entregar, se entregar devagar, pra sentir o gostinho da dança nos dominando, nos seduzindo, nos tocando.


Vamos dançar, vamos viver!

Faço dança do ventre a pouco tempo, um ano, e este ano vou pra turma avançada, quando recebi a noticia quase não acreditei que eu consegui passar pra turma avançada, isso é resultado do meu esforço e treino.   É tão gostoso, não minto, cansa! Mas é um estado gostoso, e vou explicar por que, sempre quando acabava as aulas eu ia pra casa, geralmente estava ventando, ia sentindo aquele vento gostoso nos cabelos, no corpo todo, que maravilha, é uma sensação que eu não queria para de ter, ta  Chris. mas isso é uma sensação qualquer, né? Não é não! é uma sensação que de tipo missão cumprida de novo, mais um movimento que aprendi, mais um elogio da professora, mais uma ótima aula, mais uma conquista.
Eu sempre vou embora escutando música árabe, dá vontade de começar a dançar no meio da rua, no ônibus, confesso, fico dando umas tremidinhas bem suave quando estou em pé no buzu (sempre rsrsr), chego em casa e durmo muito, durante a semana depois do serviço sempre danço um pouquinho pra não perder a prática. Isso é muito importante, sempre estar treinando. A Minha professora Ana Clara sempre fala pra gente treinar, anda pela casa na ponta do pé, fazer o básico egípcio quando estiver lavando louça, e alguns outros movimentos quando estivermos assistindo TV e por aí vai, uma maneira de treinar sempre tem, basta querer!


Bom chega de blábláblá rsrs


Vou mostrar pra vocês algumas fotos no qual eu sou a modelo rsr, videos no qual sou fascinada, e os links básicos que tenho que deixar no fim de cada post.


                      








Este daqui fiz especialmente pra vocês, é uma seleção das músicas no qual gosto muito, são músicas antigas mas que tenho certeza que quando vocês escutarem vão lembrar de muitas coisas, pode ser de uma apresentação, de um momento, até da novela "O Clone" rsrs. Espero que gostem. 



segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Vamos começar a fotografar.

"A câmera fotográfica é dotada de memória porém incapaz de pensar."Arnold Newman

È com esta frase que eu começo este novo post.


Sou iniciante na arte de fotografar, mas já aprendi que devemos aprender a usar a câmera que temos, mesmo as digitais tem várias funções legais pra quem quer fotografar somente por hobby.

Dêem uma olhadinha nos links à baixo, no qual mostram como usa-las, dicas de fotografia, efeitos...



Algumas fotos minhas!















OBS: Tiradas com a câmera  Olympus X-15 de 8.0 px

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Vamos começar a costurar.

Abaixo vocês verão alguns modelitos feitos por mim. Costurar é muito gostoso porém exige muita concentração e amor é claro.


 
  

  



A origem!

 Aqui vocês irão ver tudo sobre o meu mundo. Mas o que Tem nele Chrisian???
Ah tem muitas coisas, pra começar vai ter costura, dança, moda, beleza, artesanato, fotografia, música e até astronomia e muito mais claro dentro daquilo que faço e  gosto!!!